Recordações

Ainda na senda dos instrumentos matemáticos:
Decidi arremessar a calculadora/conversora armário adentro (6 colegas em polvorosa, barufustando de rabo para o ar, com nuvens de fumo a sair pelas orelhas em busca da máquina perdida) e rebusquei ansiosamente nos meus baús do sotão.
Após anos de separação, encontro aquilo que procuro.
Amarelada, bafienta, mas é minha. Beijo-a com carinho e levo-a para o trabalho.
Com os olhos marejados, recordo a companhia, os leais ensinamentos, as risadas comuns.

Em cima da mesa, ei-la em todo o seu recordado esplendor:

“A Tabuada do Ratinho”. A ratar desde 1955.

Partilha-me toda, eu gosto

12 comentários em “Recordações

  1. As recordacoes que me trouxeste!!!

    Mas pq foste a procura de tal “blast from the past”?

    Uma calculadora simploria nao era mais facil do que um pergaminho antiquado, agrafado…possivelmente populado de acaros e com a foto de um murideo na capa?

    Hum??:)

  2. Olha la…o título do blog faz sentido?

    “Será que só sou eu vejo laivos de pedofilia na (…)”…

    Eu sou eu que não estou a ler bem?

  3. Eu também já tinha feito referência a esse erro, de forma muito peculiar e particular. A autora ignorou o que ele reparou, talvez precise de sentir para depois corrigir.
    Apesar da tua indiferença eu vou continuar atento. A corrigir, a sugerir e a sentir…

  4. Good afternoon many have machines which not insuranced,
    you have a unique opportunity only today to receive insurance the machine free of charge
    auto insurance
    auto insurance
    cars insurance
    cars insurance
    texas car insurance
    texas car insurance
    car insurance quotes
    car insurance quotes
    car insurance policy
    car insurance policy
    xanax
    phentermine
    buy tramadol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo